A maioria dos profissionais vislumbra com o dia da aposentadoria. Não foi diferente com o eletricista Levi de Oliveira, 58 anos. No entanto, ao deixar para traz a carreira de quase três décadas na Eletropaulo, ele não esperava sentir falta do trabalho e dos amigos do serviço. “É difícil ficar parado. Tirei um ano de férias, mas não aguentei três meses. Nem meu cachorro meu teve paciência comigo, de tanto que levei o bichinho para passear”, brinca.

Decidido a voltar a se sentir produtivo e ter uma renda extra, Oliveira se cadastrou no GetNinjas para oferecer serviços de elétrica e de marido de aluguel, aconselhado pela esposa, Anna Marisa. Criado em 2011, o aplicativo conecta clientes a profissionais autônomos em todo país. Para contratar um serviço, o consumidor seleciona o trabalho que deseja e recebe orçamentos de três profissionais bem avaliados pela plataforma.

“Fiz o cadastro em uma sexta-feira e na segunda já tinha trabalho para fazer”, conta o eletricista, que aderiu à plataforma há dois anos e hoje diz faturar em média R$ 3.000 mensais. “Hoje tenho minha própria carteira de clientes e consigo pagar as contas de casa com o próprio trabalho. Guardo o dinheiro da aposentadoria para emergências.”

 Para a plataforma receber retorno financeiro, criou “moedas” próprias, uma espécie de crédito que o profissional compra antes de fechar um trabalho. Sem adquiri-las, ele não consegue desbloquear o contato do cliente e enviar o orçamento.

Cada moeda é equivalente a R$ 0,15. Cada pedido, por sua vez, vale uma quantidade variável de moedas, que são debitadas sempre que ele aceitar um novo serviço. Pelo aplicativo, é possível visualizar o valor de cada solicitação de serviço. Vale destacar que, como o empreendedor comprou as moedas antes de realizar o trabalho, o valor do serviço é pago integralmente ao profissional.

Para o profissional autônomo realizar a manutenção elétrica de um escritório, por exemplo, terá de pagar mais moedas do que para trocar uma resistência de chuveiro, já que, provavelmente, terá um rendimento maior.

Ou seja, a quantidade de créditos necessária varia conforme a demanda e o valor do serviço que o profissional executa — estratégia criada pela GetNinjas para receber seu percentual de lucro sobre os rendimentos do empreendedor autônomo.

renda extra

Para ter uma renda extra, Levi Oliveira realiza serviços elétricos e pequenos reparos pela plataforma GetNinjas; Crédito: Arquivo Pessoal 

De aulas a reformas, como ter uma renda extra

O GetNinjas possui mais de 200 tipos de serviços para profissionais que desejam fazer uma renda extra, desde trabalhos técnicos a qualificados. Atualmente, são mais de 500 mil profissionais cadastrados. De acordo com a empresa, não há dados de quantas pessoas acima de 50 anos de idade estão inscritas no aplicativo, uma vez que a idade não é questionada no cadastro.


Seja um profissional da GetNinjas e já comece a fazer sua renda extra. Clique aqui para conhecer a maior plataforma de contratação do Brasil


O feedback recebido pela empresa, contudo, evidencia que há um crescimento. “Acredito que isso ocorra até mesmo pelo nosso modelo de negócio. Muitos profissionais experientes foram pegos pela crise e encontraram no GetNinjas uma ferramenta para trabalhar por conta própria. Outros, já se aposentaram, mas precisam de uma atividade para se manterem ativos”, explica o CEO, Eduardo L’Hotellier.

Segundo o empresário, os profissionais autônomos podem atuar em diversos ramos, entre eles o de reformas, reparos, beleza, eventos, estética, educação, consultoria, design, tecnologia e saúde. “Todos os serviços disponíveis na plataforma podem ser desempenhados por quem tem mais de 50 anos, de acordo com a habilidade e preferência de cada um.”

Acessibilidade do app

Por ser um aplicativo, o GetNinjas pode trazer dificuldades a quem não está acostumado com tecnologia. No entanto, L’Hotellier garante que a plataforma é acessível para os usuários e está sempre sendo aperfeiçoada.

“Nosso time realiza testes de usabilidade com usuários constantemente para testar novas funcionalidades que melhorem o desempenho tanto do aplicativo quanto do site. Nosso time de suporte também está acostumado a oferecer ajuda aos usuários menos adeptos à tecnologia via chat, e-mail e telefone”, afirma.

Para se cadastrar no site e oferecer os serviços no GetNinjas, é necessário informar os dados pessoais, e-mail e enviar uma foto. Uma mensagem é enviada por SMS ao celular do profissional para que ele faça download do aplicativo (disponível para smartphones com sistema operacional Android e iOS) e, desta forma, possa utilizar as funcionalidades da plataforma.

O processo parece fácil, mas nem sempre é. Para Oliveira, utilizar o sistema exigiu uns dias de treinamento e a ajuda da esposa. “Tive um pouco de dificuldade para usar o aplicativo no início, mas a plataforma melhorou desde que comecei a usá-la e ficou bem mais fácil de trabalhar”, diz.

Com os dias ocupados e a família incumbida de organizar sua agenda, o eletricista garante que agora se sente mais feliz e produtivo. “Meus dias nunca mais foram monótonos. O mercado está aquecido, e a demanda por serviços práticos está cada vez maior. Não dá para ficar parado em um momento desses, né?”, questiona.

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu email. Inscreva-se: