Como todos sabem, o Brasil é o país onde mais tem agrotóxicos em verduras e legumes, e nem todos têm condições ou acesso a alimentos 100% orgânicos. Existe um grande debate se de fato é possível eliminar os agrotóxicos dos alimentos. Mas, para o fato de que os agrotóxicos são um grande inimigo da boa memória, um assunto que abordo sempre nas palestras, vale a pena alguns recursos fáceis, simples e naturais, para se limpar completamente, ou pelo menos conseguir eliminar muitas das toxinas contidas nos alimentos plantados, podendo assim torná-los um pouquinho mais favoráveis ao bom funcionamento da memória. Pois, como havia comentado no meu outro artigo aqui, o bom funcionamento é uma compilação de vários fatores. Então, quanto mais fizermos, mais a nossa memória agradece.

Aqui, uma reunião de 3 receitas populares e bastante usadas e, ao final, uma dica ensinada por um biólogo, o professor Mauro Velho.

O que a maioria dos especialistas acredita é que vale tentar o que melhor se adaptar a suas condições e rotina, e usar pelo menos um método desses é melhor do que simplesmente não lavar. Eu particularmente uso sempre o bicarbonato de sódio, pelo que pesquisei me parece ser o mais eficaz.

*) Limpe com escova, esfregando suavemente para remover sujeira e resíduos tóxicos.

*) Não lave frutas e legumes antes de armazenar, pois isso faz com que se estraguem mais rápido, já que a umidade favorece os microrganismos e bactérias.

*) Limpe os vegetais somente perto de consumi-los, de preferência com água levemente morna.

Aqui abaixo algumas das receitas mais usadas:

  1. Limão e vinagre branco

Em uma garrafa de spray, adicione o suco de 1 limão, 2 colheres de sopa de vinagre branco e termine de preencher com água.

Agitar a garrafa e aplicar sobre frutas e legumes antes de servir.

  1. Vinagre e sal

Coloque água em uma tigela e adicione meia xícara de vinagre de maçã e 3 colheres de sopa de sal, diluindo bem.

Deixe frutas e legumes por 20 minutos nessa mistura e depois enxágue.

  1. Bicarbonato de sódio

Primeiro lave frutas e legumes em uma bacia com água.

Em seguida, dilua 1 colher (sopa) de bicarbonato de sódio em 1 litro de água.

Depois, mergulhe as frutas e legumes por alguns minutos nessa solução, esfregando-os bem para remover bactérias e resíduos químicos.

  1. Dica de biólogo

É um processo em quatro etapas:

1ª) Coloque os vegetais em uma bacia com água limpa e deixe-os por cinco minutos (esta é a primeira lavagem).

2ª) Depois, transfira os vegetais para uma bacia com água e bicarbonato de sódio - 1 colher (sopa) para cada litro de água. Deixe por 40 minutos.

Esta é etapa mais importante, pois, segundo o professor, o bicarbonato remove até 90% dos agrotóxicos.

3ª) Coloque os vegetais de novo numa bacia com água durante cinco minutos.

Isto é necessário porque, se o bicarbonato entrar em contato com vinagre, haverá uma reação e perderá o efeito.

O professor Mauro foi muito claro neste ponto: “Não pode misturar bicarbonato com vinagre, porque reage e perde o efeito”.

4ª) Ponha os vegetais numa bacia com água e vinagre - 1 colher (sopa) para cada litro de água.

São necessários 40 minutos nesta última etapa para, de acordo com o professor, haver a remoção dos agrotóxicos não eliminados pelo bicarbonato.

E assim está finalizada a desintoxicação dos vegetais.

Conclusão

Como disse no início, nem sempre é possível comprar ou mesmo ter acesso a alimentos orgânicos. O uso de pelo menos um desses métodos, acredita-se, é bem melhor do que consumi-las sem nenhum processo de lavagem.

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: