O governo decidiu adiar para 2020 as regras para saques periódicos às contas ativas e inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Mas como medida emergencial, a partir de agosto deste ano até março do ano que vem, os trabalhadores já poderão sacar até R$ 500 por conta. A expectativa é que a medida injete R$ 30 bilhões na economia este ano e R$ 10 bilhões em 2020. 

Conforme informações divulgadas anteriormente pela equipe econômica, os saques no próximo ano deverão variar entre 10% e 35% de acordo com o saldo de cada trabalhador. Para isso, será montado um esquema especial de atendimento pela Caixa Econômica Federal, que incluirá a abertura de agências também nos finais de semana.

Como consultar seu saldo nas contas do FGTS?

Correntistas da Caixa Econômica poderão usar o próprio aplicativo para ter acesso a informações sobre saldo de sua conta vinculada. Para isso, basta se logar ao aplicativo, clicar em “Acessar minha conta”, selecionar a opção “FGTS e INSS” e por último clicar na opção “Extrato”.

Mas se você não é correntista da Caixa, poderá consultar o saldo de seu FGTS clicando aqui. Informe seu NIT (número do PIS/Pasep) e a senha cadastrada. Caso ainda não possua cadastro, escolha o ícone “Cadastrar senha”.

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: