O pagamento do PIS 2020/2021 teve início nesta terça-feira (8). O valor do benefício varia de R$ 88 a R$ 1.045, dependendo da quantidade de dias trabalhados durante o ano de 2019. Neste ano, a Caixa Econômica Federal anunciou mudanças na forma de creditar o valor para parte dos trabalhadores. Confira o que mudou:

Quem já é correntista da Caixa receberá o crédito na conta já existente. Já o pagamento para quem não tem conta na Caixa será feito em uma conta-poupança digital para cada trabalhador. Segundo o banco, as contas serão abertas de forma automática e gratuita para que os trabalhadores recebam o benefício. Não será necessário apresentar documentos, nem comparecer às agências.

Para movimentar o dinheiro, os trabalhadores deverão usar o aplicativo Caixa Tem. Se quiser sacar o valor, o beneficiário poderá fazê-lo em terminais de autoatendimento, agências lotéricas, agências do banco ou correspondentes da Caixa. Para efetuar o saque, será necessário gerar um token (código de acesso) no aplicativo.

Haverá ainda outra possibilidade para os casos em que o valor do Abono Salarial não possa ser creditado em conta existente ou na Conta Poupança Social Digital. Nessa situação, o trabalhador poderá sacar o valor com o Cartão do Cidadão e senha em terminais de autoatendimento, agências lotéricas, agências do banco ou correspondentes da Caixa.

Calendário de pagamento do PIS 2020/2021

Conforme anunciado pela Caixa, o abono salarial começa a ser depositado nesta terça-feira, 8 de dezembro, para os trabalhadores nascidos entre julho e novembro. Também poderão receber o valor aqueles que entregaram fora do prazo a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS/eSocial) do ano-base 2019. A medida também vale para quem teve o documento retificado pelos empregadores.

Já a partir do dia 15 de dezembro terá início o pagamento dos trabalhadores que fazem aniversário em dezembro. Em seguida, o calendário de pagamentos do PIS 2020/2021 seguirá cronograma baseado no mês de aniversário de cada trabalhador.

Confira a seguir o calendário de pagamento do PIS 2020/2021:

Calendário de pagamento do PIS 2020/2021

Quem tem direito ao PIS?

Para ter direito a receber o abono salarial, é preciso cumprir os seguintes critérios:

  • trabalhador de empresa privada inscrito no PIS há pelo menos cinco anos;
  • ter trabalhado formalmente para empregador inscrito no CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas) por pelo menos 30 dias em 2019;
  • ter remuneração mensal média de até dois salários mínimos (R$ 2.090);
  • ter dados corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) de 2019.

Servidores públicos que se encaixam nos requisitos recebem o Pasep. Nesse caso, o pagamento é feito pelo Banco do Brasil. Os valores dos benefícios são os mesmos daqueles que recebem o PIS.

Para consultar o valor do benefício, o trabalhador pode acessar o Aplicativo Caixa Trabalhador, no site da Caixa ou pelo Atendimento Caixa ao Cidadão: 0800-7260207.

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: