A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (28) que irá adotar a bandeira amarela para o mês de julho. Isso significa que haverá uma cobrança extra de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts-hora consumidos.

De acordo com a Aneel, o motivo da mudança da bandeira verde, adotada em junho, para a amarela, é a previsão de chuvas abaixo da média para o período, na região onde se concentram as principais hidrelétricas do país.

O sistema de bandeiras tarifárias foi adotado pelo governo para alertar a população sobre a necessidade de racionamento no consumo de eletricidade para evitar contas de luz mais caras.

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: