Uma portaria publicada na última segunda-feira (22) no Diário Oficial da União (DOU) prorrogou o atendimento remoto aos segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) até o dia 10 de julho. O atendimento presencial foi suspenso pelo INSS no final de março como medida de enfrentamento à pandemia causada pelo novo coronavírus.

Com isso, das 1.525 agências do INSS existentes no país, apenas 753 serão reabertas gradualmente a partir do dia 13 de julho, com funcionamento reduzido a 6 horas por dia. O atendimento será restrito a:

  • segurados e beneficiários agendados previamente pelos canais Meu INSS ou Central 135;
  • serviços como perícia médica, avaliação social, reabilitação profissional, justificação administrativa e cumprimento de exigências, que não podem ser realizados por meio dos canais de atendimento remotos.

Os serviços que não estarão disponíveis de forma presencial neste primeiro momento, continuam pelos canais remotos.

Para evitar aglomerações, segurados sem agendamento não serão atendidos nas agências.

Mais informações no site https://www.inss.gov.br/servicos-do-inss/meu-inss/.


Leia mais:

Caixa começa a pagar terceira parcela do auxílio emergencial

Saque emergencial do FGTS de R$ 1.045 é aprovado; veja o calendário

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: