O trabalho autônomo deve seguir como uma tendência forte no mercado de trabalho em 2021. A expectativa é de que a economia ainda sofra os impactos da pandemia da Covid-19. Nesse cenário, trabalhar como autônomo é uma alternativa para quem precisa se reinserir no mercado ou conseguir uma grana extra.

Uma pesquisa do site de divulgação de vagas de emprego para autônomos FlexJobs identificou quais são as melhores áreas de trabalho autônomo em 2021. Os dados foram obtidos após análise de anúncios de trabalho publicados entre março e outubro de 2020.

No período, eles observaram quais ocupações tinham o maior número de novos anúncios. Com isso, a FlexJobs identificou quais as tendências para oportunidades de trabalho autônomo em 2021. Veja o ranking:


1- Computação e Tecnologia da Informação

2- Contabilidade e Finanças

3- Administração

4- Gestão de projetos

5- Serviço ao consumidor

6- Cuidados com saúde

7- Redação e Edição

8- Educação e Treinamento

9- Marketing

10- Recursos humanos e Recrutamento

11- Bibliotecário

12- Terapia

13- Design gráfico

14- Ingresso de dados

15- Hipotecas e imobiliárias


Trabalho autônomo deve seguir em alta em 2021 | Rido / Shutterstock

Trabalho autônomo cresceu com a pandemia

“O que vimos no passado é que as oportunidades de trabalho autônomo tendem a aumentar durante as crises econômicas. Por isso, pensamos que haverá muito trabalho para autônomos em 2021, enquanto a economia segue afetada pela pandemia”, afirmou ao portal AARP o gerente de capacitação profissional da FlexJobs, Brie Reynolds.

Ele também destacou que o trabalho a distância tem agora mais aceitação entre empregadores de todos os tipos. “É possível que os que antes eram contrários a contratar trabalhadores autônomos a distância agora estejam dispostos a fazê-lo”, observou.

Segundo estudo publicado em setembro pela Upwork, em um ano o número de pessoas que trabalham por conta própria nos Estados Unidos subiu 22%. Uma das causas para que as pessoas tenham migrado para o trabalho autônomo foi a crise provocada pelo coronavírus.

Algumas foram demitidas e, diante da necessidade de arrumar dinheiro, viram no trabalho autônomo uma oportunidade. Outras, ao migrarem para o trabalho remoto, ganharam mais produtividade por não perder tanto tempo no deslocamento até o emprego, por exemplo. Com isso, conseguiram incluir novas atividades em suas rotinas e aumentar a renda.

Para o especialista, o cenário atual representa uma oportunidade de trabalho autônomo para idosos explorarem mais e melhor o mercado de trabalho. “Existe uma oferta tão ampla de trabalho autônomo que é provável que as pessoas com 50 anos ou mais encontrem algo que corresponda a suas necessidades”, afirmou Reynolds.

“Para alguns, isso pode significar fazer consultoria ou trabalhar em projetos relacionados com o que sempre fez ao longo da carreira. Para outros, pode ser uma oportunidade para começar uma mudança na carreira ou manter-se ativo profissionalmente sem comprometer com um cargo de tempo integral”.

Leia também: Mudar de carreira profissional: IDL indica os melhores lugares para quem deseja começar do zero

O que é o trabalho autônomo

O termo “trabalhador autônomo” se refere a empreendedores individuais, corretores de seguros e de imóveis ou pessoas à frente de pequenos negócios. Também define aqueles que trabalham para si próprios empregando outros, freelance e trabalhadores temporários, entre outros.

Quem faz um trabalho autônomo é um indivíduo que trabalha para si próprio. Por isso, é um tipo de trabalho que oferece mais liberdade na forma de trabalhar, estabelecendo seus próprios prazos e metas.

Apesar disso, é um tipo de trabalho que também traz desafios. Quem pensa em trabalhar como autônomo deve ter em mente que a forma de trabalhar será diferente. Primeiramente, é preciso de muita organização e fazer a gestão do próprio trabalho. Afinal, como não há contrato fixo, a demanda de clientes pode variar bastante de um mês para o outro.

Isso exige do trabalhador autônomo muito controle financeiro. Além disso, será responsabilidade única do trabalhador fazer a divulgação do próprio serviço e conseguir novos clientes.

Além da excelência no serviço e no cumprimento de prazos, também é importante estar sempre atualizado. Conhecer as práticas mais modernas e tendências do mercado em sua área é essencial para o trabalhador autônomo se manter no mercado de trabalho.

Pensando em voltar para o mercado de trabalho ou em dar uma turbinada na sua carreira? O Instituto de Longevidade oferece mais de 300 cursos de requalificação on-line gratuitamente nas mais diversas áreas. Clique aqui e conheça nossos conteúdos. 

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: