Existe uma mesma dúvida que permeia a mente de muitas pessoas em todo o país: quais habilidades profissionais devem ter ou apresentar para conseguir um bom trabalho? E, se já estão empregadas, o que podem fazer para conquistar uma posição melhor na empresa ou se tornarem aptas a uma promoção?

Para Joseli Gomes, business partner e especialista em psicologia organizacional e do trabalho, vivemos um momento bem desafiador no Brasil, não só economicamente, mas em outras dimensões, inclusive profissionalmente. Muitas pessoas estão desempregadas e quem está empregado teme por sua posição.


Tenha acesso aos melhores conteúdos informativos. Clique aqui e faça parte do grupo de Whatsapp do Instituto de Longevidade!


Então como fazer para se destacar diante de um recrutador em uma entrevista de emprego ou do chefe de uma empresa? Continue a leitura e veja quais são as habilidades profissionais fundamentais para qualquer um que deseja crescer no mercado de trabalho.

Conheça as habilidades profissionais necessárias para ter sucesso na carreira

Resolutividade

“Uma das competências necessárias para 2020 é ser resolutivo”, observa Joseli. “Ou seja, ter boas tomadas de decisão e ser independente”. Resolutividade significa conseguir absorver o que o negócio precisa e trazer soluções para os problemas. E ela explica: "Ser independente não significa excluir os gestores de suas atividades, mas envolvê-los na comunicação e mostrar o que está sendo feito. O importante é fazer o necessário antes que alguém peça".

Proatividade

A proatividade caminha de mãos dadas com a resolutividade. Para ser resolutivo e buscar soluções, é também preciso ser proativo e agir sempre que o momento exigir, evitando ou resolvendo problemas antes que apareçam. E não só isso: pessoas proativas estão sempre à frente, dando ideias e sugestões, inovando e buscando ampliar os horizontes da equipe.

Flexibilidade

“Tudo está mudando muito rápido, por isso é preciso ser flexível para se adaptar a essas transformações”, argumenta Joseli. Para ela, por vezes pode ser preciso mudar o caminho e fazer algo diferente do que foi planejado, dependendo dos obstáculos que surgirem. E isso se aplica ao mercado de trabalho também.

Ela conta que você pode elaborar um planejamento com uma estratégia impecável, mas muita coisa pode acontecer e é preciso ser flexível e mudar antes que dê tudo errado. “É preciso saber virar a chave no momento certo e usar a mudança a seu favor. É um desafio grande, mas importante para um bom profissional”, explica a business partner.

Maturidade de relacionamento

Muitos profissionais costumam ficar pouco tempo em um mesmo trabalho e estão sempre em busca de algo novo. Maturidade de relacionamento é aprender a se relacionar com os desafios em vez de sair do local de trabalho ou procurar um emprego diferente sempre que um problema surgir.

“Temos que tentar nos ajustar ao lugar onde estamos, sem pular de galho em galho o tempo todo e sem ter aquele pensamento romântico de que existe um lugar perfeito para trabalhar. É legal tentar crescer onde se está”, argumenta Joseli.  

Empatia

Ser empático é ter a habilidade de se colocar em uma situação vivida por outra pessoa, compreendendo suas emoções e seus sentimentos. É indispensável para construir um bom relacionamento em equipe e entender as necessidades e os desafios de todos. 

habilidades profissionais

Crédito: fizkes / Shutterstock

Como desenvolver essas habilidades profissionais

“Acredito que conseguimos desenvolver qualquer habilidade, mas temos que ter alguns passos iniciais para isso”, diz a especialista. “Nós nos desenvolvemos com o que conhecemos, então o primeiro passo é o autoconhecimento”. Para ela, é importante ser humilde, buscar se conhecer e se reconhecer.

Se você estiver empregado, peça um feedback dos seus colegas, dos seus gestores e de outras pessoas que trabalhem com você e em quais você confie. Eles vão saber analisar seu perfil profissional e apontar os aspectos em que você precisa trabalhar mais. Se você estiver desempregado, também pode pedir a ajuda daqueles em quem confia, como amigos e familiares. Eles podem dar conselhos e ajudar você a perceber seus principais pontos de melhoria.

O que as empresas esperam de um profissional?

“As empresas esperam que os profissionais tenham protagonismo de carreira”, afirma a especialista. É interessante que eles busquem independência no ambiente de trabalho e tenham consciência de onde querem ir profissionalmente. 

Joseli explica que um líder, hoje, não quer mais apenas ser um chefe, mas também um mentor, que precisa cada vez mais de profissionais que sejam seus parceiros e que ajudem a equipe a crescer. “É justamente aquela pessoa que vai trazer soluções sem esperar ordens de cima para baixo”.

Qual o segredo para se sair bem em uma entrevista de emprego?

Pode parecer difícil, mas Joseli diz que o melhor a se fazer em uma entrevista de emprego é tentar relaxar e mostrar segurança sobre o que você está falando. “Caso contrário, pode gerar insegurança no recrutador”. 

Ela também enfatiza a importância de ser honesto e de não mentir em hipótese alguma. “Uma vaga sempre tem requisitos e dificilmente um candidato terá 100% desses requisitos. Mesmo que você não tenha algum deles, mostre que está disposto a aprender. Isso pode ser um diferencial”.

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: