Você sabe o que fazer em caso de queimaduras em idosos? Esse tipo de lesão pode ser particularmente grave no caso de pessoas mais velhas, podendo gerar complicações que vão além da queimadura em si, como infecções. Em pessoas acima de 60 anos, a pele é mais fina e menos hidratada, aumentando o risco de lesões mais graves e dificuldade na cicatrização. Por isso, os cuidados pós-queimadura não podem ser negligenciados.

Além disso, os riscos de sofrer acidentes com queimaduras aumentam à medida em que avançamos na idade. Isso ocorre porque os idosos têm menor tempo de reação, mobilidade mais restrita, além de menor capacidade de avaliação de riscos. Outros fatores que influenciam nesse cenário são doenças crônicas, uso de medicações, alcoolismo e desordens psiquiátricas e neurológicas.


Você tem dinheiro para pagar as altas taxas dos hospitais caso sofra uma queimadura? Garanta já o seu seguro contra acidentes e tenha uma coisa a menos para se preocupar.


Um fator de alerta é que esse tipo de lesão nos idosos ocorre com mais frequência onde eles se sentem mais seguros, ou seja, em casa. Pesquisa publicada na Revista Brasileira de Cirurgia Plástica aponta que a residência é o local de maior importância e prevalência de queimaduras em idosos e devem ser intensificadas as medidas de prevenção de acidentes domésticos.

Ainda de acordo com o estudo, dentro de casa, a cozinha é o local com maior incidência de acidentes desse tipo, seguido pelo banheiro. Dentre as principais fontes de queimaduras, em primeiro lugar está o fogo direto, acompanhado de líquidos inflamáveis. Em seguida, as queimaduras por contato com líquido quente ou vapor.

via GIPHY

Quando pensamos em queimaduras, é natural associar a uma fonte de calor. Porém, existem várias fontes de queimaduras. Você sabia que até mesmo o calor da fumaça de um incêndio pode queimar as vias aéreas, trazendo risco de morte? E até mesmo animais e plantas podem causar queimaduras, como é o caso das águas-vivas e das urtigas.

Veja a seguir algumas fontes de queimaduras

Queimaduras térmicas 

São causadas por fogo, álcool, líquidos em altas temperaturas, objetos quentes e até mesmo exposição ao sol.

Queimaduras químicas

Causadas por agentes químicos, tais como produtos de limpeza muito fortes, ácidos, soda cáustica, venenos.

Queimaduras elétricas

São aquelas oriundas de descargas elétricas pelo contato com tomadas, fiações e eletrodomésticos, por exemplo.

Gravidade das queimaduras

Além disso, as queimaduras são categorizadas por graus que determinam a gravidade da lesão. Veja a diferença:

Queimaduras em idosos

Queimadura de 1º grau

A lesão atinge apenas a epiderme, que é a camada mais superficial da pele. São características dessa queimadura a sensação de ardor e a aparição de eritemas, que são rubores causados pela dilatação dos vasos sanguíneos.

Queimadura de 2º grau

Nesse caso, a queimadura atinge a epiderme e parte da derme. Além de ardor e eritema, há presença de vesículas, popularmente chamadas de bolhas.

Queimadura de 3º grau

Além de atingir epiderme e derme, pode chegar ao tecido subcutâneo. Aqui, a pele pode ficar com aspecto esbranquiçado e mais rígida pela redução da elasticidade do tecido.

Mas, afinal, o que fazer em caso de acidentes com queimaduras em idosos?

Segundo recomendações da Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ), os primeiros socorros em casos de queimaduras são:

- Colocar a região queimada em água fria por cerca de 15 minutos até aliviar a dor.

- Secar com pano limpo

- Embrulhar em pano limpo e buscar ajuda em pronto socorro

Queimaduras em idosos

Se a roupa estiver pegando fogo, enrole a vítima em toalha molhada ou faça-a rolar no chão. Algumas pessoas ainda acreditam ser benéfico colocar produtos como borra de café e manteiga sobre as queimaduras, porém não é recomendado aplicar qualquer tipo de produto na lesão.

Além disso, outras indicações importantes são não arrebentar as bolhas, não retirar pedaço de pele ou qualquer tipo de tecido que tenha fica preso à queimadura. Para evitar infecções, não toque diretamente com as mãos na queimadura e mantenha a ferida protegida de poeira e outros corpos estranhos.

A fim de evitar complicações decorrentes do ferimento, é importante se dirigir a uma emergência o mais rápido possível. O Master Acidentes ajuda na locomoção e ainda garante auxílio financeiro em caso de internação ou reembolso caso a queimadura tenha sido provocada por um acidente doméstico. Clique aqui para saber mais e garantir a sua proteção e a de sua família.

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: