O surgimento de cabelo branco sempre esteve relacionado ao estresse, mas, até o momento, não havia sido comprovado pela ciência. Só que isso acaba de mudar. Uma pesquisa realizada por um grupo de cientistas da Universidade de Harvard revelou que situações estressantes realmente podem desencadear a aparição de fios brancos na cabeça. 


Notícias, matérias e entrevistas sobre tudo o que você precisa saber. Clique aqui e participe do grupo de Whatsapp do Instituto de Longevidade!


O estudo foi publicado na última quarta-feira (22) na revista científica Nature e contou com a participação do brasileiro Thiago Mattar Cunha, professor da FMRP-USP (Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo) e pesquisador do Crid (Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias) da FMRP-USP.

Entenda a relação entre cabelo branco e estresse

Por meio de testes realizados em cobaias, os cientistas descobriram que o estresse interfere no processo de produção das células responsáveis pela pigmentação dos cabelos. Com a ausência dessas células, os fios nascem brancos, e esse processo é irreversível.

Segundo Cunha, o sistema nervoso simpático é ativado quando um indivíduo se encontra em situações de estresse. Por causa disso, sua frequência cardíaca e a circulação sanguínea nos seus músculos aumentam, deixando-o preparado para lutar ou fugir.

Os pesquisadores também puderam comprovar que, quando ativado, o sistema nervoso libera noradrenalina. É graças a esse hormônio que as células-tronco presentes no folículo piloso (“bolsa” localizada na hipoderme e responsável por produzir fios de cabelo) perdem a capacidade de produzir as células de pigmento que dão cor ao cabelo.

cabelo branco

Camundongo antes e depois do estudo. Na segunda imagem, ele aparece com cabelo branco após passar por situações de estresse. Crédito: Harvard/FMRP-USP

O estudo foi feito em camundongos e durou quatro semanas. Durante o processo, os animais foram submetidos a diversas situações de estresse. Depois da quarta semana, os cientistas puderam notar a presença de fios brancos na pelagem dos camundongos.

Para Cunha, a pesquisa realmente comprovou que a mudança realmente foi originada por causa do estresse. Mesmo que os testes tenham sido feitos em animais, ele acredita que esse processo também ocorre nos seres humanos, pois é um mecanismo compartilhado entre espécies. No entanto, o pesquisador estima que o tempo para o surgimento do cabelo branco seja diferente nas pessoas, pois existem outras condições a serem consideradas, como a genética.

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: