Com a flexibilização da quarentena em grande parte do país e a gradual reabertura das academias, alguns alunos já voltam a frequentar as aulas e retomar as atividades físicas. Se por um lado a prática é positiva para a saúde, por outro, além dos cuidados com o contágio pelo novo coronavírus, também é preciso ter cautela com os exercícios físicos.

Em um cenário ideal, a população deveria manter no confinamento, mesmo que de forma limitada, algum tipo de atividade física diária. Porém, muitos não puderam adotar essa prática, resultando em um longo período sem movimentar o corpo. 

Especialistas apontam que um erro comum é achar que o condicionamento irá voltar logo no primeiro momento ao mesmo patamar em que estava antes da pausa. Eles explicam que a memória muscular de quem já praticava algum esporte fará com que essa recuperação seja mais rápida que a de um sedentário, mas ainda assim é preciso ir com calma.


Agora que você está passando mais tempo em casa, pode perceber que os riscos de acidentes estão por todos os lados. Não dê mole! Garanta aqui o seu seguro e tenha cobertura financeira em casos de lesões.


Além disso, é possível que exercícios que antes eram feitos sem dificuldades, agora exijam mais esforço. Como o corpo ainda estará em processo de readaptação, você precisará de uma dose extra de paciência para voltar a ver resultados.

Confira a seguir algumas dicas para retomar os exercícios físicos com segurança e, assim, manter a boa prática visando sua longevidade.

exercícios físicos

5 dicas para retomar a prática de exercícios físicos

Prepare-se

Boa alimentação e hidratação são fundamentais para o máximo aproveitamento da atividade física. Além disso, jamais pule o alongamento: ele é essencial para prevenir lesões.

Tenha acompanhamento profissional

Depois de meses sem praticar, é natural esquecer a forma correta da execução dos exercícios. Portanto, tenha o acompanhamento profissional para te orientar.

Cuidado com a carga

Após muito tempo parado, seu corpo não estará preparado para voltar à prática de exercícios no mesmo ritmo de antes. Comece devagar e, gradualmente, aumente volume e intensidade da atividade.

Persista

No início, com o corpo desacostumado aos exercícios, a prática parecerá mais difícil do que era antes do período em pausa. Persista no treino e logo sua memória muscular será ativada e o exercício não será mais tão difícil.

Descanse

O tempo de descanso é tão importante quanto o treino. Respeite o período de recuperação e o tempo necessário para voltar ao seu ritmo normal. Tenha calma e não crie grandes expectativas de perda de peso, por exemplo.

Uma dica de brinde

Prevenção é a palavra-chave para fazer exercícios físicos com segurança e evitar imprevistos. Mesmo com todos os cuidados, acidentes podem acontecer, então o melhor é estar preparado. E o Master Acidentes Domiciliares é ideal para isso. Além de uma vasta rede de apoio em caso de emergências, o seguro oferece soluções acessíveis para quem está sempre em movimento, seja em casa, seja na rua. Clique aqui para saber mais

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: