Envelhecer bem e com saúde. Quem não quer? O ideal é a gente nem precisar ir ao médico. Mas se precisar, é claro que é bom ter um por perto, não é mesmo? O Instituto de Longevidade Mongeral Aegon criou o IDL (Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade), junto com a conhecida Fundação Getúlio Vargas. O objetivo é entender como as cidades brasileiras estão se preparando para o número cada vez maior de idosos em suas comunidades e, assim, listar as melhores cidades para envelhecer.

Em Santa Catarina, 7 cidades consideradas grandes (ou seja, com população acima de 200 mil habitantes) foram investigadas. Aqui, vamos apresentar as campeãs do Estado de Santa Catarina na categoria Cuidados de Saúde, que mostra a oferta de serviços médicos.

É importante dizer que essas campeãs também podem melhorar, inclusive na própria categoria Cuidados de Saúde. Estamos de olho!

VISITE O SITE DO IDL E CONHEÇA TODOS OS DADOS DE TODOS OS MUNICÍPIOS CATARINENSES

As campeãs do Estado de SC

1° lugar em SC, 16º lugar no Brasil – Florianópolis

Sendo uma das três capitais brasileiras localizada em uma ilha, Florianópolis conta com belas praias, turismo e também um dos principais polos de ensino superior do país. Talvez por isso, um dos destaques da capital catarinense é número de hospitais que possuem afiliação com escolas médicas, considerando as análises do IDL. No entanto, a cidade ainda precisa expandir a quantidade de residências e clinicas geriátricas que possui.

2° lugar em SC, 18º lugar no Brasil – Chapecó  

Conhecida pela importância de seu time de futebol no cenário esportivo brasileiro, Chapecó também tem o título de Capital da Agroindústria, tendo como principal produto a criação de peru. Segundo o IDL, a cidade tem o melhor desempenho em cobertura dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) no estado. O número de cirurgiões no município, no entanto, não é suficiente.

3° lugar em SC, 24º lugar no Brasil – Criciúma

Cidade colonizada por imigrantes europeus, principalmente italianos, Criciúma realiza diversas festas populares como a Festa das Etnias. No campo da saúde, é destacada a oferta de psicólogos dada à população. Já o número de hospitais com unidades de neurocirurgia precisa ser melhor desenvolvido por parte da prefeitura local.

4° lugar em SC, 39º lugar no Brasil – Itajaí

Uma das cidades brasileiras com economia mais dinâmica, Itajaí também sedia um dos maiores festivais de música popular brasileira no país. As análises do IDL indicam que seus cidadãos podem contar com excelente oferta de estabelecimentos de saúde com atendimento ambulatorial. Já o número de hospitais que possuem filiação com escolas médicas no município deixa a desejar.

5° lugar em SC, 60º lugar no Brasil – Joinville

Localizada no norte do estado, Joinville sedia o maior festival de dança do mundo e possui a única unidade da famosa Escola de Ballet Bolshoi fora da Rússia. Na saúde a cidade se destaca pelo número de exames de mamografia realizados pelo sistema de saúde. A oferta de leitos do SUS na cidade, no entanto, deixa a desejar no atendimento à população, de acordo com dados do IDL.

Veja também: https://institutomongeralaegon.org/saude-e-bem-estar/as-5-melhores-cidades-do-rio-de-janeiro-para-envelhecer-com-saude

Compartilhe com seus amigos