Entretenimento

Artista russa retrata super-heróis aposentados em série

Era uma competição de artes plásticas. O desafio: fazer uma ilustração sob o tema “Gato - A Velha Donzela”. A designer russa Lesya Guseva, 32 anos, decidiu usar o humor para marcar sua participação. Desenhou uma Mulher-Gato de 90 anos de idade. E foi assim, “por acidente”, como ela diz, que surgiu uma série com super-heróis aposentados.

A ilustração foi publicada no perfil de Instagram de Lesya e correu o mundo. Nela, a heroína celebra o 90º aniversário alegre, mas solitária. Virgem no horóscopo – o calendário marca 10 de outubro –, a personagem ostenta o amor pelos gatos na parede.

super-herois aposentados 4 A Mulher-Gato em seu aniversário de 90 anos; crédito: Lesya Guseva

“Todos gostaram”, conta Lesya ao portal do Instituto de Longevidade Mongeral Aegon. Foram milhares de curtidas e muitos comentários, além de repercussão dentro e fora da Rússia. “Decidi criar outras ilustrações com essa abordagem”, diz ela sobre a série “Aposentados”.

super-herois aposentados 7 O Batman aposentado dorme abraçado a um boneco do Coringa e antes das 21h; crédito: Lesya Guseva

Vieram Hulk, Mulher-Maravilha, Thor e Homem-Aranha.  Super-Homem aparece em um cruzeiro, numa animada dança com uma companheira. “A aposentadoria, definitivamente, o beneficiou”, segundo ela.

super-herois aposentados 6 Supergirl e Mulher-Maravilha passam uma tarde no parque; crédito: Lesya Guseva

Lesya investe ainda na união de mundos, no qual há espaço para o Capitão América tentar proteger a Branca de Neve de uma chuva torrencial. “É o meu universo fictício, em que personagens famosos estão se aposentando.”

super-herois aposentados 5 Clima de paquera entre a Branca de Neve e o Capitão América; crédito: Lesya Guseva

“Quem é o próximo?”, pergunta uma das seguidoras da artista plástica em uma publicação do Batman aposentado. Deitado, ele dorme abraçado a um boneco do Coringa, seu arqui-inimigo na ficção. Lesya explica que as pessoas gostam de ver seus heróis preferidos em situações atípicas. E fazem pedidos para as ilustrações seguintes.


Quer se manter atualizado para o mercado de trabalho? Conheça os cursos gratuitos oferecidos pelo Instituto de Longevidade a quem tem mais de 50 anos


Nesse processo de criação, ela tenta trazer os super-heróis aposentados para momentos comuns do dia a dia nessa fase da vida. Depois, abre espaço para os superpoderes e o uniforme que os distingue. O mais importante é ter os detalhes em mente – “Aí, o desenho é feito com facilidade”, observa.

super-herois aposentados 3 Já aposentado, Super-Homem dança em um cruzeiro; crédito: Lesya Guseva

Talvez, diz ela, a série “Aposentados” possa deixar o dia a dia mais leve, fazendo rir, já que existe “muita coisa ruim e triste na vida”. “Amo quando as pessoas sorriem quando olham para as ilustrações”, conta ela, que trabalhou como designer de impressos por dez anos e, há seis, tem se dedicado à ilustração.

super-herois aposentados 8 Na penteadeira, o Coringa aposentado se esforça para fazer a maquiagem; crédito: Lesya Guseva

E, quem sabe, complementa ela, as ilustrações dos super-heróis aposentados tenham impacto em todas as gerações. Apresentando o envelhecimento de uma forma divertida e menos sisuda para as gerações mais novas. Ou simplesmente “trazendo mais atenção para os aposentados”, reflete ela, que mantém uma loja virtual, na qual comercializa produtos com suas ilustrações (http://www.pinkbus.ru/authors/levasya).

super-herois aposentados 2 A vovó Ariel, durante o banho dos netos; crédito: Lesya Guseva

super-herois aposentados 1

Leia também:

Relembre 8 profissões que não existem mais ou estão em transformação

Estudo mostra quanto tempo você leva para fazer amigos

Por

Redação