O vídeo de Maguila pedindo socorro nas redes sociais chamou a atenção do também ex-boxeador e amigo Acelino Freitas, o Popó, que decidiu apurar os fatos. Popó então ligou para a clínica e conversou com Maguila e com o proprietário da casa de saúde. Na noite da última sexta-feira (30), Popó desmentiu em sua rede social que Maguila estivesse sendo mantido na clínica terapêutica contra a própria vontade.

“Liguei pra Maguila ontem, liguei pra clínica ontem, falei primeiro com Maguila, depois falei com o dono da clínica, Maguila está super bem”, garantiu Popó, que disse que conversou por cinco minutos com o amigo. “É tudo mentira! Maguila está lá sendo super bem tratado, a esposa dele e a família estão dando um suporte a ele muito grande”.

Clique aqui para assistir ao vídeo postado por Popó.


Vídeo de Maguila fala sobre internação forçada

Em entrevista ao portal G1, a esposa de Maguila, Irani Pinheiro, contou que visitou o marido na sexta-feira, logo após a publicação do vídeo. Na ocasião, Irani constatou que Maguila estava bem e que não se lembrava de ter gravado vídeo algum.

Segundo ela, o vídeo de Maguila foi ideia de outro interno que, já com segundas intenções, aproveitou um dia em que ex-boxeador não havia tomado os medicamentos e o incentivou a gravar o vídeo, ditando as palavras para que ele as repetisse.

A casa de saúde já identificou o outro interno, que não se encontra mais na instituição, e informou que está tomando as medidas judiciais cabíveis contra ele e sua família, responsável por fornecer de forma criminosa o celular para a gravação do vídeo de Maguila. As imagens eram para extorquir os donos da clínica. A família de Maguila também está tomando as medidas judiciais cabíveis contra o ex-interno.

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu email. Inscreva-se: