Desde 14 de junho, os melhores jogadores do planeta estão desfilando o seu talento pelos gramados da Rússia, acompanhados atentamente por bilhões de pessoas de todas as nações. Uma mágica que se repete pela 21ª vez desde 1930, quando 13 times protagonizaram o primeiro torneio de futebol, realizado e conquistado pelo Uruguai.

De lá pra cá, com exceção de 1942 e 1946, quando os horrores da 2ª Guerra Mundial inviabilizaram a sua organização, de quatro em quatro anos a competição é realizada. Cada vez em um lugar diferente. Reunindo os melhores times. Mobilizando torcedores, imprensa e dinheiro. Escrevendo histórias inesquecíveis, com heróis improváveis e vilões dignos dos filmes de Hollywood.


Cursos gratuitos para quem tem 50 anos ou mais. Clique aqui e aproveite!


Como esquecer a “Tragédia de Sarriá”, quando Paolo Rossi parou um dos melhores times de todos os tempos, com Zico, Falcão, Sócrates e companhia? Ou o Maracanazzo, um fantasma que assombra o Brasil desde o torneio de futebol de 1950? O que dizer do 7 a 1? Como não sorrir ao lembrar do pênalti de Roberto Baggio? Ou do sorriso de Ronaldinho, com seu penteado a la Cascão, após estufar a rede do goleiro Oliver Khan pela segunda vez?

Momentos como esses ficarão para sempre no inconsciente de quem teve o privilégio de assisti-los ao vivo – ou de ouvir os relatos apaixonados de quem os viveu. Às vezes, nem isso. Ou você acha que todos os atletas que hoje levantam o troféu para comemorar seus títulos se lembram que o gesto foi uma invenção quase involuntária de Bellini, eterno capitão de 1958?

Para ver como andam os seus conhecimentos sobre o maior torneio de futebol do mundo, preparamos um teste. Calce as suas chuteiras, aqueça a memória e deixe a bola rolar.

Leia também:

Mais velhos dão banho na garotada no Cartola FC

Vinte trava-línguas para você se divertir e melhorar sua pronúncia

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: