Para estimular o crescimento da economia, a Caixa Econômica anunciou nesta quarta-feira (22) que irá lançar um programa de renegociação de dívidas. De acordo com o banco, que tem cerca de 3 milhões de clientes em atraso com a instituição, os descontos poderão chegar a 90% do valor total da dívida.

“Com os descontos, a maioria das dívidas chegará a R$ 2 mil. Essa pessoa que está pagando 10% de juros ao mês poderá pagar juros de 2%”, disse o presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, ao chegar para reunião no Ministério da Economia.

Ainda não há data para o lançamento do programa. O que se sabe, até o momento, é que os esforços serão concentrados nos clientes com renda de até cinco salários mínimos. Com isso, a Caixa Econômica espera recuperar um de quatro bilhões de reais que o banco tem de débitos com 300 mil pequenas empresas e 2,6 milhões de pessoas físicas.

De acordo com Guimarães, além de reduzir o prejuízo do banco, o programa também permitirá a retomada de créditos por parte dos clientes.

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: