Inspiração

O significado do tempo na bela velhice

Os diferentes significados do tempo foi um dos achados mais interessantes da pesquisa “Corpo, envelhecimento e felicidade”, que estou realizando na Universidade Federal do Rio de Janeiro, desde 2007, com 1700 homens e mulheres de 60 a 95 anos.

E o que esses homens e mulheres me ensinaram sobre a importância do tempo na invenção de uma bela velhice?
Para eles, o tempo é um capital, uma riqueza e, portanto, não pode ser desperdiçado. Eles têm urgência de usar bem o próprio tempo. Ele não pode ser desperdiçado.

Antropóloga, Professora Titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro e autora de “A bela velhice” (Ed. Record)