Saúde Mental

A difícil arte de conhecer

Quão fácil podemos imaginar o que o outro tem ou quer. Ou o que pode ter feito aquela pessoa para ser tão amarga. Mais fácil ainda é fazer juízo de alguém com quem convivemos. É aquele amigo do trabalho, ou o conhecido de seu bairro, que faz algo que você não aceita e já garante o direito de você julgá-lo. É um mau caráter, para fazer o que me fez.

Em contra partida como pode você julgar alguém a quem era muito unido, pelo mal feito com você? Não há compreensão em ter sofrido uma agressão e ter te excluído de seu convívio. Você procura entende-lo para amenizar a tua dor, procura alternativas para desculpar o que tanto te machuca.

Rubens Lace. Aposentado de empresas privadas, com 70 anos de idade.   Crônista por paixão, autodidata em livro publicado em 2008 “A vida...em crônicas”. Três vezes premiado por crônicas apresentadas na feira do livro na cidade em que morou por 10 anos. Trabalhou como jornalista num periódico, onde acumulava a função de repórter investigativo e onde publicava uma coluna de crônicas.