Depois da polêmica Fake News informando uma data incorreta para o início do “Papai Noel dos Correios”, o que levou centenas de pessoas às agências postais em todo o país, a campanha finalmente foi lançada na última terça-feira (6), durante um evento no Edifício Sede dos Correios, em Brasília.


Quer se manter atualizado para o mercado de trabalho? Conheça os cursos gratuitos que o Instituto de Longevidade oferece aos seus associados.


Ao longo de 29 anos de campanha, o Papai Noel dos Correios já realizou o sonho de milhões de crianças em estado de vulnerabilidade social. Os interessados em apadrinhar o pedido de uma ou mais crianças poderão retirar as cartinhas nas agências dos Correios mais próximas. Em algumas cidades, a escolha também pode ser feita pela internet, como Belém, Cuiabá, Goiânia, Porto Alegre, Recife, Salvador e São Paulo (capital). Para isso, basta acessar o blog da campanha: https://blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios/  


Como enviar uma cartinha?

As cartas podem ser enviadas até o dia 21 de novembro em qualquer agência ou depositadas nas caixas coletoras dos Correios. Basta colocar “Papai Noel” como destinatário da mensagem e informar nome, idade e endereço completo. Podem participar da campanha crianças com até 10 anos de idade - estudantes de escolas públicas ou não, mas que estejam em situação de vulnerabilidade - e pessoas com necessidades especiais (sem limite de idade). A postagem é gratuita.

De acordo com a assessoria dos Correios, os presentes mais pedidos são bicicletas, bolas, bonecas, carrinhos, jogos, skate, patins e material escolar.

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu email. Inscreva-se: