O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) participará de uma reunião na tarde de hoje (7) no Palácio do Planalto com o presidente Michel Temer para discutir trechos da reforma da Previdência. De acordo com a assessoria de Bolsonaro, o objetivo é aprovar o texto de reforma proposto por Temer ainda este ano. Contudo, as ideias esbarram na resistência dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), que já sinalizaram que o tema não deverá ser levado à votação em 2018.

Entre as propostas de Bolsonaro para a Previdência está a migração para um regime de capitalização, na qual as aposentadorias passam a ser resultado do que foi poupado pelos trabalhadores durante os anos de contribuição. Dessa forma, as empresas não terão mais que arcar com encargos trabalhistas e os trabalhadores passarão a ter ativos e capitalização em seus nomes.


Clique aqui e faça o teste para descobrir como está o seu planejamento para a aposentadoria. É grátis!


Bolsonaro chegou à Capital Federal na manhã da última terça-feira (6), por volta das 9h, em um jato da Força Aérea Brasileira (FAB). Após participar de uma sessão solene no Congresso em homenagem aos 30 anos da Constituição Federal, o presidente eleito se reuniu com a alta cúpula das forças armadas para tratar da transição de governo.

O futuro presidente ficará em Brasília até quinta-feira para conversar com alguns deputados e senadores sobre pontos da reforma, quando então retornará ao Rio de Janeiro. Uma nova viagem a Brasília está prevista para a próxima semana, quando o assunto será retomado com os parlamentares.

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu email. Inscreva-se: