Família

Filhos e netos de aluguel oferecem serviço de acompanhante a idosos

No Brasil, 14,6% das pessoas vivem sozinhas, das quais 44,3% têm mais de 60 anos de idade. Esses números do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), somados ao aumento da taxa de desemprego, impulsionaram a criação de uma nova atividade: filhos ou netos de aluguel.

Foi diante desse cenário e em busca de renda extra que engenheiro civil Aloísio Melo, 46 anos, virou neto de aluguel. Não foi diferente com o segurança Everaldo Silva, 48 anos, que criou um blog para vender o serviço de filho de aluguel.

Por

Redação