Que atire a primeira almofada quem nunca sentiu um certo desânimo ao olhar para casa – e em especial para a cor do piso – e perceber que a mesmice impera na decoração há anos (ou mesmo há décadas).

O desejo de renovar os ares bate forte, só que logo vai embora com a lembrança de que uma reforma pode ser bastante desgastante – para o bolso e para a sanidade de quem não pode deixar o imóvel enquanto a transformação acontece.

Mas mudanças são importantes e necessárias, pois evitam a monotonia e o desgaste emocional que podem atormentar quem passa muito tempo em casa, situação bem frequente quando chega a aposentadoria.

A boa notícia: não é preciso desistir do sonho de revitalizar o "lar, doce lar" por medo do quebra-quebra. Algumas iniciativas são bem mais práticas do que se imagina e promovem uma renovação incrível no visual.

Olhe para o chão da casa, por exemplo. Ele pode passar por boas e eficientes transformações sem que isso signifique destruir toda a estrutura antiga e começar algo novo, a partir do zero.


Tudo o que você precisa para a reforma da sua casa, você encontra na Leroy Merlin. Clique aqui e veja ofertas exclusivas!


Há muitas opções para trocar a cor do piso e dar cara nova ao pavimento, sobrepondo ou adotando tratamentos incríveis na superfície existente.

Tipos de piso

Piso vinílico

A arquiteta Cristiane Schiavoni diz que o piso vinílico está na lista de possibilidades, sendo muito bem-vindo. Pode ser colado ou clicado (instalado em um sistema de encaixe, que dispensa cola).

"É um modelo que tem muitas variações e acabamentos. Há opções que imitam madeira, cimento queimado, além de uma série de padrões que a pessoa pode escolher", comenta.

Piso cerâmico

Uma segunda alternativa bem interessante é usar piso cerâmico em cima de outro piso. "O de baixo não pode estar soltando, já que isso influencia diretamente na qualidade do assentamento do piso de cima", salienta Cristiane. Para isso, um recurso eficiente é a argamassa (geralmente chamada de piso sobre piso), que oferece a aderência necessária.

Piso de madeira

Já para pavimentos de madeira, a arquiteta revela ser muito comum a troca da cor do piso – tanto para escurecer quanto para clarear. "Uma das possibilidades é passar verniz, que deixa o piso com uma tonalidade preta, com uma linguagem bem moderna. Ou, ainda, clarear, com técnicas que dependem do tipo de madeira", pontua.

Tal intervenção necessita de raspagem, o que provoca certa sujeira, que se justifica diante da nobreza do resultado.

Piso de pedra

Procedimento similar também pode ser aplicado em pisos de pedra natural, que ganham nova cara quando renovados com polimento.

Cimento queimado

"Um acabamento de piso que está super em alta, por ser muito coringa, é o cimento queimado. Com pouca interferência, ele pode ser aplicado em cima de uma outra base e é uma solução rápida", revela a arquiteta.

Cuidados com o nivelamento

Um lembrete: antes de escolher um novo piso, independentemente de qual seja, é muito importante avaliar se e quanto a intervenção vai alterar a altura e a junção do pavimento de outros ambientes.

"Ao colocar um piso sobre outro, se ficar um desnível muito grande, pode ser perigoso tropeçar e se machucar. Por isso, a primeira ação necessária é fazer uma avaliação com especialista para verificar as possibilidades", sugere.

Cor do piso: antes e depois de 5 ambientes

 A seguir, apresentamos cinco intervenções para renovação de ambientes, sem que houvesse a necessidade de retirar o piso antigo.

cor do piso

O piso da sala de jantar mudou de cor. O segredo? O verniz antigo, muito escuro, foi retirado e aplicada uma versão incolor. Crédito: Divulgação/Cristiane Schiavoni 


cor do pisoA sala de estar invadiu o espaço da varanda, e o cimento queimado aplicado sobre o contrapiso deixou o cômodo bem mais moderno. Crédito: Divulgação/Cristiane Schiavoni
 

cor do pisoA pedra mineira estava esverdeada pelos muitos anos de uso e aplicação de cera. Com limpeza apropriada, voltou às características originais: clara, quase branca. No lounge para degustação de vinho, foi coberta por carpete. Crédito: Divulgação/Luiz Paulo Andrade
 

cor do pisoA intervenção na cozinha incluiu colocação de piso sobre piso. Na varanda, um deck de madeira foi instalado sobre o pavimento, até então existente. Crédito: Divulgação/Cristiane Schiavoni

cor do piso

O piso de madeira que existia no quarto foi sobreposto por carpete, deixando o ambiente muito mais aconchegante; ideal para receber os netos no fim-de-semana. Crédito: Divulgação/Cristiane Schiavoni 

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: