Home > Saúde > As melhores cidades de MG para envelhecer com mais saúde

As melhores cidades de MG para envelhecer com mais saúde

Saiba onde o idoso mineiro tem melhor atendimento médico

melhores cidades de MG para envelhecer
Por Breno Saturnino/Shutterstock

Envelhecer bem e com saúde. Quem não quer? O ideal é a gente nem precisar ir ao médico. Mas se precisar, é claro que é bom ter um por perto, não é mesmo?

O Instituto de Longevidade Mongeral Aegon criou o IDL (Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade), junto com a conhecida Fundação Getulio Vargas. O objetivo é entender como as cidades brasileiras estão se preparando para o número cada vez maior de idosos em suas comunidades.

Em Minas Gerais, 13 cidades consideradas grandes (ou seja, com população acima de 200 mil habitantes) foram investigadas. Aqui, vamos apresentar as campeãs do Estado de Minas Gerais na categoria Cuidados de Saúde, que mostra a oferta de serviços médicos.

É importante dizer que essas campeãs também podem melhorar, inclusive na própria categoria Cuidados de Saúde. Estamos de olho!

VISITE O SITE DO IDL E CONHEÇA TODOS OS DADOS DE TODOS OS MUNICÍPIOS MINEIROS

As campeãs do Estado de MG

1° lugar em MG, 9º lugar no Brasil – Belo Horizonte

A metrópole de mais de 2 milhões de habitantes mistura modernidade com ares de interior. Na atenção à saúde dos seus moradores 60+, destaca-se a oferta de cirurgiões (2ª melhor entre as cidades pesquisadas). Em compensação, a cobertura de atenção psicossocial deixa a desejar, aparecendo entre as 50 últimas no IDL.

Não perca nenhuma matéria. Cadastre-se e receba em seu e-mail.

2° lugar em MG, 17º lugar no Brasil – Juiz de Fora

A cidade deve seu nome a um cargo na estrutura jurídica da época do Império. Cidades que não tinham juízes de direito, tinham juízes de fora. Hoje, o município tem um ótimo desempenho na oferta de serviços de saúde aos idosos. O número de médicos é o ponto forte (12º melhor entre as pesquisadas); o ponto fraco é o número de hospitais com unidade de neurocirurgia de emergência.

3° lugar em MG, 20º lugar no Brasil – Uberaba

Uberada abriga dois pólos universitários importantes: a Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) e o Instituto Federal do Triângulo Mineiro. Isso pode influenciar o bom destaque na oferta de serviços médicos (20º melhor entre as cidades pesquisadas). A oferta de psicólogos se destaca. Já o número de estabelecimentos de saúde com atendimento ambulatorial é apenas mediano (65º entre as cidades grandes do IDL).

4° lugar em MG, 25º lugar no Brasil – Divinópolis

A cidade que viu nascer uma das maiores redes varejistas do Brasil (a Ricardo Eletro) tem ainda forte presença de indústrias do ramo têxtil. Para quem envelhece em Divinópolis, pode esperar bons cuidados, por exemplo, pelo ótimo número de fisioterapeutas (8º melhor entre as pesquisadas). A importante oferta de clínicas e residências geriátricas deixa a desejar, contudo (96º no IDL).

5° lugar em MG, 44º lugar no Brasil – Uberlândia

Uberlândia fica situada no Triângulo Mineiro, uma das regiões mais ricas do Estado de Minas Gerais. A universidade federal e mais 20 instituições de ensino superior certamente colaboram no excelente desempenho do município na atenção à saúde dos seus idosos, especialmente no número de hospitais com afiliação com escolas médicas (1º lugar entre as cidades pesquisadas). Por outro lado, isso não é suficiente para garantir um bom número de leitos (apenas 85º no IDL).

Conheça nossos serviços gratuitos de requalificação profissional e aproveite.

Aproveitar agora

Leia Também