Home > dinheiro > Descubra qual é a relação entre sua saúde e aposentadoria

Descubra qual é a relação entre sua saúde e aposentadoria

Pesquisa inédita ouviu mais de 15 mil pessoas em 15 países, incluindo o Brasil

aposentadoria
Borisevich Sergei/Shutterstock

Fazer um planejamento financeiro e manter um estilo de vida saudável levam a uma maior probabilidade de alcançar uma aposentadoria tranquila. Esta é a principal conclusão da 6ª Pesquisa Aegon de Preparo para a Aposentadoria, que ouviu, neste ano, 14.400 trabalhadores e 1.600 aposentados de 15 países, incluindo o Brasil, e pela primeira vez abordou o papel desempenhado pela saúde nas perspectivas e nos preparativos das pessoas para a aposentadoria. 

Segundo o estudo, trabalhadores que estão com a saúde boa ou excelente têm uma perspectiva mais otimista em relação à aposentadoria, quando comparados aos que estão com a saúde ruim. Mas há uma desconexão entre as preocupações com a saúde futura e os comportamentos saudáveis atuais: apenas 4 em cada 10 pesquisados concordam com a frase “penso em minha saúde a longo prazo ao fazer escolhas de estilo de vida”, e o mesmo número diz não adotar uma dieta saudável. 

“Apesar de haver um discurso preventivo e várias propostas visando a um envelhecimento saudável, toda a prática assistencial vai em outra direção”, avalia Renato Veras, professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), especialista em gerontologia e defensor do retorno do modelo do médico de família para atender à terceira idade. Segundo ele, hoje há “um modelo ‘hospitalocêntrico’, múltiplos especialistas e o estímulo ao consumo de fármacos”.

“Nesta etapa da vida, os problemas de saúde se ampliam em decorrência da transição demográfica e epidemiológica, e o idoso necessita de um cuidado de saúde adequado, mas o que existe é um modelo anacrônico, da época na qual o Brasil era um país jovem”, pondera Veras, que, à frente da Universidade Aberta da Terceira Idade, fez um estudo publicado pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) sobre dos sistemas público e privado – clique aqui e saiba mais.

Não perca nenhuma matéria. Cadastre-se e receba em seu e-mail.

A pesquisa revelou ainda que a aposentadoria se tornou uma fase ativa da vida, na qual prevalece o otimismo. Globalmente, 7 em cada 10 entrevistados associaram palavras positivas com a aposentadoria: lazer (46%), liberdade (41%), diversão (31%) e oportunidade (19%). Só depois aparecem, empatados, insegurança e problemas de saúde (17%), seguidos por pobreza (13%), distância (12%), solidão (11%), tédio (11%), dependência dos outros (9%) e cansaço (8%). 

Viajar é o desejo mais comum para a aposentadoria em 11 dos 15 países pesquisados – e o mais elevado é o Brasil, onde foi selecionado por 77% dos participantes (veja quadro abaixo). Também chama a atenção que 26% mencionam alguma forma de trabalho remunerado como aspiração para a aposentadoria: uns se mantendo na mesma área, outros trocando, e um parcela empreendendo. 

As crises econômica e política no Brasil e a discussão no Congresso Nacional da reforma na Previdência refletiram no desempenho do Índice Aegon de Preparo para a Aposentadoria (ARRI), que classifica em alta (entre 8 a 10), média (entre 6 e 7,9) e baixa (menos de 6): foi o país com maior queda este ano – de 6,71 (2016) para 6,43 (2017). O melhor desempenho foi da Índia, que subiu de 7,3 para 7,6.  

Por outro lado, pela primeira vez nos seis anos da pesquisa, pouco mais da metade dos países pesquisados – 8 em 15 – obteve uma pontuação média de 6 ou mais. O ARRI se baseia nas respostas a seis perguntas, que avaliam responsabilidade pessoal, nível de consciência, compreensão financeira, planejamento da aposentadoria, preparo financeiro e substituição de renda.   

“A segurança financeira na aposentadoria não é um luxo nem algo que se possa dar como garantido”, avalia Alex Wynaendts, CEO da Aegon. “Exige que os indivíduos se concentrem tanto no desenvolvimento de bons hábitos financeiros na preparação para o futuro, quanto na manutenção de um estilo de vida saudável”, pontua, salientando a importância de a sociedade remover obstáculos e implantar soluções.  

Quer saber mais? Clique aqui e baixe o PDF da pesquisa. 

 

Conheça nossos serviços gratuitos de requalificação profissional e aproveite.

Aproveitar agora

Leia Também