Home > artigos em destaque > Por que fazer faculdade de Gerontologia?

Por que fazer faculdade de Gerontologia?

As frentes de atuação do Bacharel em Gerontologia são tão amplas quanto a gestão de organizações públicas e privadas que atendem pessoas idosas

faculdade de gerontologia
Halfpoint/Shutterstock

Falar de envelhecimento ou velhice é falar de si próprio e das pessoas que estão ao seu redor. O maior presente que podermos ter na vida é chegar à velhice. É poder olhar para trás e contemplar toda sua história de vida, das decepções às conquistas, das tristezas à felicidade. Histórias riquíssimas, com certeza, para todos os idosos.

Portanto, fazer faculdade Gerontologia, é compreender a vida, o processo de envelhecimento e como podemos fazer a sua gestão para que possamos ter um envelhecer e velhice de qualidade.  É um curso que tem muito a ensinar sobre envelhecimento e velhice, porém aprendemos, também, com os estudantes e os alunos idosos da Universidade Aberta à Terceira Idade.

Nossos estudantes, na maioria, são jovens, porém desde as primeiras turmas temos estudantes com mais de 40 anos. Situação esta que é um reflexo de que a educação deve ser um processo contínuo e permanente na vida das pessoas. Procurar realizar a graduação ou até mesmo outra, faz com que busquem novas informações, concretizem um sonho, um objetivo de vida. Além dessa relação com a universidade e seus ensinamentos, faz novos vínculos sociais que os guiarão para o caminho do bem-estar físico e emocional.

Não perca nenhuma matéria. Cadastre-se e receba em seu e-mail.

O envelhecimento populacional demandará um número expressivo de profissionais altamente capacitados para compreender o processo de envelhecimento em seus aspectos biopsicossociais, como também para promover e gerenciar novos espaços, serviços e ações com e para idosos. Com a criação de um curso de Bacharelado em Gerontologia, a USP objetivou contribuir para que o envelhecimento do brasileiro possa ocorrer com qualidade e com oportunidades, por meio da formação de profissionais e pesquisadores para atuar neste importante campo inter e multidisciplinar.

As frentes de atuação do Bacharel em Gerontologia são tão amplas quanto a gestão de organizações públicas e privadas que atendem ou prestam serviços a pessoas idosas; na área da saúde, junto a equipes multiprofissionais na gestão de casos clínicos e promoção do bem-estar biopsicossocial; na criação e na condução de programas educativos sobre o envelhecimento para a população em geral, e para profissionais de outras áreas que trabalham com pessoas idosas, em particular; no desenvolvimento de intervenções para preparar as pessoas para seu próprio envelhecimento e período de aposentadoria, por meio de gestão de casos e intervenções educativas.

Em suma, com sua formação generalista e integrada sobre o fenômeno do envelhecimento e a velhice, o Bacharel em Gerontologia está preparado para refletir criticamente sobre as especificidades deste processo e deste grupo, pesquisar sobre temas gerontológicos, propor, implementar, gerenciar e avaliar programas e ações nesta área.

Todos os estudantes, de todas as idades, serão muito bem-vindos nesta família chamada Bacharelado em Gerontologia da Universidade de São Paulo e Universidade Federal de São Carlos!!!!

Conheça nossos serviços gratuitos de requalificação profissional e aproveite.

Aproveitar agora

Leia Também